Centro de Documentação e Informação- Cedoc / Funarte

Instituição

Fundação Nacional de Artes – Funarte

Acervo de documentos musicais

Partituras, discos em vinil, CDs, DVDs, fitas magnéticas (rolo), fitas cassetes. Possui acervo digital.

Áreas principais

Todas as áreas da música brasileira, seja erudita ou popular.

Principais coleções / destaques

Gravações do Projeto Pixinguinha,  Bienais de Música Brasileira, Concursos de Bandas, Apresentações da Sala Funarte.

Política de uso e acesso

Consulta local.

Normas para consulta de acervo raro

Deve ser agendado e com supervisão e uso de luvas quando necessário.

Forma de reprodução

Cópias digitais, (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento).

Histórico

O Centro de Documentação e Informação – Cedoc – da FUNARTE tem por missão e objetivo, respectivamente, a salvaguarda e difusão dos acervos representativos da arte e da cultura brasileira, bem como oferecer atendimento e acesso gratuito a todos os cidadãos de forma presencial, ou ainda, através de outros canais de atendimento como telefone e Internet.

Catálogos

Base de dados acessível no local e na web.

Contatos

Rua São José, 50 Centro
Rio de Janeiro-RJ  CEP 20010-020
(21)2279-8294 e 2279-8198
cedoc@funarte.gov.br
ana.saramago@funarte.gov.br

Horário de Atendimento

De segunda a sexta De 10:00 às 17:00

Equipe

Ana Saramago Coordenadora
Joelma Neri Chefe da Biblioteca

Biblioteca DEMUS/DEART


Instituição

Universidade Federal de Ouro Preto – Departamento de Música e Artes Cênicas

Acervo de documentos musicais

Partituras, partituras manuscritas, CDs, DVDs, fitas cassetes. Acervo físico.

Áreas principais

Música em geral e Artes Cênicas.

Política de uso e acesso

Empréstimo restrito a usuários da própria instituição.

Normas para consulta de acervo raro

Não informado.

Forma de reprodução

Não informado.

Histórico

A Biblioteca do Departamento de Música / Departamento de Artes foi inaugurada em 2015 e está localizada no Campus Morro do Cruzeiro, abrigando um acervo especializado nas áreas de Artes, Música e Teatro. A biblioteca atende os alunos dos seguintes cursos de graduação: Música, Artes Cênicas e Direção Teatral.

Catálogos

Base de dados acessível no local e na web.

Site

http://www.sisbin.ufop.br/novoportal/?page_id=756

Contatos

Campus Morro do Cruzeiro, S/N – Morro do Cruzeiro
CEP:35400-000 / Ouro Preto- MG
3135591187
bibmus@sisbin.ufop.br

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira de 08 às 20 horas.

Equipe

Paulo Vítor Oliveira – Bibliotecário
Willemberg Pereira dos Anjos – Assistente administrativo
Wânia dos Santos Barreto – Auxiliar de cozinha

Biblioteca Central da Universidade de Brasília

Instituição

Universidade de Brasília.

Acervo de documentos musicais

Partituras, partituras manuscritas, discos em vinil, CDs, DVDs, fitas cassetes. Possui apenas acervo físico.

Política de uso e acesso

Parte do acervo é somente para consulta local enquanto outra parte tem o empréstimo restrito a usuários da instituição.

Normas para consulta de acervo raro

O acervo musical é na maior parte restrito a consulta local. Não há necessidade de hora marcada mas os usuários devem respeitar o horário de funcionamento do setor.

Forma de reprodução

Cópias digitais, (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento).

Catálogos

Base de dados acessível na web.

Site

http://www.bce.unb.br/

Contatos

Biblioteca Central – Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A
CEP: 70910-900 Brasília – DF, Brasil
(61) 3107-2674;  (61) 3107-2703
agendabce@bce.unb.br

Horário de Atendimento

De segunda a sexta de 7h às 19h.

Equipe

Fernanda Cordeiro de Carvalho – Chefe do setor de Coleções Especiais.

Biblioteca Central Santa Mônica

Instituição

Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Acervo de documentos musicais

Partituras, partituras manuscritas, discos em vinil, CDs, DVDs, fitas cassetes. Somente acervo físico.

Áreas principais

Música erudita brasileira e em geral; música popular de vários países; música erudita e popular de épocas variadas.

Principais coleções / destaques

Coleção Jodacil Damaceno.

Acervo do compositor Calimerio Soares.

Política de uso e acesso

Empréstimo restrito a usuários da própria instituição (alunos, servidores e professores).

Normas para consulta de acervo raro

Acesso livre para consulta e empréstimo restrito a usuários da própria instituição (alunos, servidores e professores).

Forma de reprodução

Cópias xerox (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento). Cópias digitais, (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento).

Histórico

A Biblioteca da Universidade Federal de Uberlândia foi criada em 1976, com a junção dos acervos bibliográficos de oito faculdades isoladas da cidade, cuja incorporação foi concluída em 1978. Em 1989, foi criado o Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de Uberlândia (SISBI/UFU), centralizando todas as atividades de aquisição e processamento técnico. Esta biblioteca é denominada Biblioteca Central Santa Mônica por concentrar a administração superior do SISBI/UFU e os setores que desenvolvem os serviços internos, tais como: seleção, aquisição, preparo, catalogação, classificação e tratamento de todo material informacional adquirido para as bibliotecas do SISBI/UFU. O acervo de partituras e correlatos fica alocado nesta biblioteca, no Setor de Referencia / mais especificamente, na parte destinada aos Multimeios e Coleções Especiais. A maior concentração da coleção se encontra na área erudita, favorecendo instrumentos como piano e violino. As partituras são organizadas em pastas, por instrumento e por ordem alfabética do compositor.

Catálogos

Base de dados acessível no local, Base de dados acessível na web.

Site

http://babao.dr.ufu.br:8080/

Contatos

Av. João Naves de Ávila, 2121 – Bloco 3C – CEP: 38400-902 – Uberlândia/MG
(34) 3239-4225 – Geral
(34) 3239-4255 – Multimeios e Coleções Especiais
(34) 3239-4257 – Catalogação
Fax: (34) 3239-4267

dirbi@dirbi.ufu.br

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta: 7h30 às 10h30
Sábado: 08h00 às 12h00

Equipe

Paulo Agenor
Ricardo Finotti