Biblioteca da Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais

Instituição

Universidade do Estado de Minas Gerais.

Acervo de documentos musicais

Partituras, discos em vinil, CDs, DVDs, partituras em Braille. Acervo físico.

12072758_10200848337006711_8857574288573267969_n

Áreas principais

Música erudita, popular e contemporânea de todas as épocas. Música sacra, óperas. Obras de alunos e professores da Instituição.

Política de uso e acesso

Consulta local para público em geral.

Normas para consulta de acervo raro

A consulta de materiais especiais é feita sob supervisão.

Forma de reprodução

cópias xerox (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento).

Histórico

A Biblioteca da Escola de Música tem como missão atender a comunidade acadêmica em suas necessidades de documentação e informação na área do conhecimento específico de sua atuação, tendo como propósito contribuir para a qualidade da educação, da pesquisa e da extensão na UEMG.

Catálogos

Base de dados acessível na web.

Site

Site: http://www.esmu.uemg.br/
http://www.uemg.br/biblioteca

Contatos

Localização: Rua Riachuelo, 1351 –
Padre Eustáquio Belo Horizonte – MG CEP 30720-060
Telefone:(31) 3479-8313
biblioteca.esmu@uemg.br

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta , 08:00 às 21:30

Equipe

Diretora de Biblioteca : Gilza Helena Teixeira
Auxiliares: Vânia Ferreira de oliveira de Sena Celeida Maria Manna

Biblioteca Carlos Barbosa do Instituto de Artes

Instituição

Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Acervo de documentos musicais

Partituras, partituras manuscritas, CDs, DVDs. Acervo físico.

Áreas principais

Música erudita brasileira e internacional e óperas.

Principais coleções / destaques

Música Popular e Folclore.

Política de uso e acesso

Empréstimo restrito a usuários da própria instituição.

Normas para consulta de acervo raro

Não possuímos acervo raro significativo na área de Música.

Forma de reprodução

Cópias xerox (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento).

Histórico

Embora não se tenha localizado nenhum registro oficial quanto à criação da Biblioteca Carlos Barbosa, é sabido que sua existência acha-se ligada à trajetória do Instituto de Belas Artes do Rio Grande do Sul. Segundo informação encontrada na Coleção Especial (CE) Memória do Instituto de Artes, da Biblioteca do IA, a revista “Acrópole” em seu número de outubro publicou o seguinte: Inaugurou-se a 1º de Julho de 1943, com a presença das altas autoridades civis, militares e eclesiásticas, representantes das entidades culturais, educacionais e científicas, das classes sociais e intelectuais, corpos docente e discente do Instituto, legionários e imprensa, o novo Edifício do Instituto de Belas Artes do Rio Grande do Sul […]. (Inauguração do Novo Edifício : 1º de julho de 1943. Porto Alegre: Oficina Gráfica da Livraria do Globo, 1943. P. 34). E segue descrevendo as dependências do novo edifício: Impressiona tanto o conjunto de belo efeito arquitetônico, como suas dependências. Já de entrada, precedido pelo vasto hall, o auditório “Tasso Corrêa” […]. Seguem-se o primeiro andar, com as galerias, foyer e Sala de exposição; o segundo, ocupado pelas instalações da Secretaria, direção e Biblioteca e os subsequentes, com as várias divisões do Instituto por secções de ensino. (Inauguração do Novo Edifício : 1º de julho de 1943. Porto Alegre: Oficina Gráfica da Livraria do Globo, 1943. P. 35). Já o nome da Biblioteca supõe-se ter sido escolhido em homenagem ao então governador do Estado, Dr. Carlos Barbosa Gonçalves.

Catálogos

Base de dados acessível na web.

Site

http://http://www.ufrgs.br/bibart/ https://www.facebook.com/bibliotecacarlosbarbosa.bibartufrgs

Contatos

Rua Senhor dos Passos, 248. 2º Andar CEP 90020-180 Centro Porto Alegre, RS
Telefones: Atendimento (51) 3308 4308 e Chefia (51) 3308 4307
Email: bibart@ufrgs.br

Horário de Atendimento

Segunda a quinta das 8h às 21h

Sexta das 8h às 20h.

Equipe

Jacqueline da Silva Niehues – Bibliotecária chefe (catalogação de livros e trabalhos acadêmicos).
Maína Rymsza – Bibliotecária (catalogação de periódicos; Comut).
Mara R. B. Machado – Bibliotecária (catalogação de materiais especiais: partituras, CDs, DVDs.
Fernando Leite Rodrigues; Rosane Mesquita e Susana Piñero – Apoio técnico e administrativo.

 

 

Biblioteca Flausino Vale

Instituição

Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Acervo de documentos musicais

Partituras, partituras manuscritas, discos em vinil, CDs, DVDs, fitas cassetes. Acervo físico.

musica

Áreas principais

Música erudita e popular de todas as épocas e países, óperas, hinos, música sacra.

Principais coleções / destaques

Coleção de orquestra completas (com partes e grades).
Ópera Tiradentes.
Coleção Memória (obras de professores e alunos da Escola de Música -UFMG).

Política de uso e acesso

Empréstimo restrito a usuários com vínculo institucional com a UFMG. O acesso ao acervo para consulta está disponível ao público em geral.

Normas para consulta de acervo raro

A consulta de materiais especiais (discos de vinil, fitas VHS, CDs) e material de orquestra é sempre feita sob a supervisão de um funcionário da biblioteca.

Forma de reprodução

Cópias xerox (respeitando a legislação vigente e estado de conservação do documento).

Histórico

A Biblioteca da Escola de Música Reúne em seu acervo materiais especiais como partituras musicais, CDs, discos vinil, fitas de vídeo além de monografias teses, folhetos e periódicos específicos de música. É a única Biblioteca no Estado de Minas Gerais, aberta ao público, que abriga um acervo específico de obras musicais.

Catálogos

Base de dados acessível na web.

Site

http://www.musica.ufmg.br/biblioteca.html

Contatos

Escola de Música – UFMG
Campus Pampulha – Av. Antônio Carlos, 6627
Cep:31270 – 010 – Belo Horizonte – MG

site: http://www.musica.ufmg.br/biblioteca.html

Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100006606465652

Setor de Referência: (31) 3409.4712
Processamento Técnico: (31) 3409.4758

Horário de atendimento

De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 21h.

Equipe

Bibliotecários:
Kátia Lúcia Pacheco (Chefia)
Rachel Mariana Mateus de Oliveira (Processamento Técnico)
Felipe Lopes Alves (Referência)

Auxiliares:
Jorge Costa Vila Real
Valdete Lopes
Marilene Costa